18 setembro 2016

Antígone - Sófocles




Édipo tornou-se rei de Tebas após matar seu pai, que não conhecia, e casar-se com sua própria mãe. Antígona é filha desse incesto e fruto de um ultraje lançado por Édipo ao Destino. Para o filósofo Sófocles, essa história passa a envolver não só o rei, como seus descendentes. Antígona é levada a enfrentar por conta própria o tirano Creonte, e as consequências de sua coragem são derradeiras. É o enlace entre dignidade e medo, coragem e desonra. "A vida é curta e um erro traz um erro. Desafiado o destino, depois tudo é destino", diz o coro.
Antígona é uma peça que fala sobre o dever que o ser humano tem para com Deus que é anterior àquele que tem para com o Estado. A personagem principal, Antígona, quer enterrar de maneira digna e de acordo com a religião o seu irmão Polinice; porém, essa atitude contraria às ordens do rei Creonte, o qual havia determinado que o corpo de Polinice deveria ser exposto às aves do céu e aos cães na terra. Antígona fica sabendo da determinação de Creonte e grita: “Ele não tem o direito de me coagir a abandonar os meus!” Com esse grito, ela resolve ir contra as ordens do rei de Tebas.












CLIQUE AQUI PARA VER A OBRA!!!!

Antígone - Sófocles Rating: 4.5 Diposkan Oleh: FOCO PHI

0 comentários:

Postar um comentário